Portal do SNSPortal do SNS

Plano de Prevenção de Risco, Corrupção e Infrações Conexas

Em 1 de julho de 2009, o Conselho de Prevenção da Corrupção aprovou a Recomendação nº 1/2009 segundo a qual "os orgãos dirigientes máximos das entidades gestoras de dinheiros, valores ou patrimónios públicos, seja qual for a sua natrueza, devem elaborar Planos de gestão de risco de corrupção e infrações conexas".

Assim, dando cumprimento a esta recomendação o Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental provou o seu Plano de Prevenção de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas em 30 de julho de 2014.

Plano de Prevenção de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas de 30 de julho de 2014

1ª revisão 2015

 

Relatório Anual do Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas -  2016

Relatório Anual do Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas -  2015

Relatório Anual do Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas -  2014