Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, EPE
 
Pesquisa
  Emergência Informações Úteis Mapa do Site Mapa HEPE
 
 
 
 
 
 
                              

                                         

Mensagem da Presidente

    

Num cenário de recessão e crise financeira, os últimos anos têm-se revelado extremamente difíceis e desafiadores para os hospitais portugueses.

 

Para manter o nível de cuidados prestados, torna-se indispensável o ajustamento das medidas de gestão e governação dos hospitais à progressiva diminuição do orçamento anual e necessária redução de custos, aliadas a uma forte liderança organizacional e desejável motivação dos profissionais.

 

No ano de 2013, o CHLO apresentou um elevado cumprimento do contrato programa quanto às principais linhas de produção e indicadores de desempenho assistencial e financeiro.

 

Em relação à evolução económico-financeira são de sublinhar os resultados favoráveis novamente obtidos em 2013, com EBITDA positivo, tal como verificado no ano de 2012.

 

O equilíbrio financeiro e os bons indicadores assistenciais alcançados justificam a excelente posição do CHLO observada no Benchmarking e ranking entre os hospitais nacionais, e devem-se fundamentalmente às boas práticas e competências dos profissionais que trabalham nos três hospitais do Centro Hospitalar.

 

Estes resultados favoráveis apontam para a sustentabilidade da instituição como garante da prestação de cuidados de saúde diferenciados à população da zona ocidental de Lisboa.

 

Antevê-se que 2014 continue a representar um enorme desafio para a manutenção ou melhoria dos resultados já alcançados, desafio este que só será possível de ultrapassar com o contínuo bom desempenho e dedicação de todos os que integram os quadros do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental.

 

 Maria João Pais

 Presidente do Conselho de Administração

 

   

                             

 
 

   

                      

 

               TAXAS MODERADORAS

Nos termos da Base XXXIV da Lei de Bases da Saúde, as taxas moderadoras podem ser cobradas com o objetivo de completar as medidas
reguladoras do uso dos serviços de saúde. Encontram-se isentos os grupos populacionais sujeitos a maiores riscos e os financeiramente mais desfavorecidos,
nos termos determinados na lei. Neste sentido, foi publicado o Decreto-Lei n.º 113/2011, de 29 de Novembro, que veio regular o acesso às prestações do
Serviço Nacional de Saúde (SNS) por parte dos utentes, no que respeita ao regime de taxas moderadoras e à aplicação de regimes especiais de benefícios.
O novo modelo de taxas moderadoras entrou em vigor a 1 de janeiro de 2012. O Decreto-Lei n.º 113/2011, de 29 de Novembro,
tem uma nova redação introduzida pelo Decreto-Lei n.º 128/2012, de 21 de Junho.

TAXAS MODERADORAS(informação actualizada)

 

 
 Jornal do Centro

Encontra-se disponível a edição de Dezembro de 2013 do Jornal do Centro.

Índice da Publicação

· Editorial

· Oftalmologia Pediátrica - Pensar Futuro

· Ministro da Saúde inaugura

  Equipamento de Litotrícia Extracorporal

· 26ªs· Jornadas de Cardiologia do Hospital de Egas Moniz 

· Dia Mundial da Alimentação

· Dia Mundial da Sida

· I Jornadas de Otorrinolaringologia do CHLO e

  ACES de Lisboa Ocidental e Oeiras

· Curso de cirurgia endoscópica naso-sinusal

  e da base do crâneio com dissecção em cadáver 

  4ª edição

· Egas Solidário: Viver a Solidariedade no Hospital

· Breves

· Agenda do Centro

 
 

 

 


 

Outros Assuntos
 

Serviço de Radioterapia do Hospital Barreiro certificado

O Serviço de Radioterapia do Hospital de Nossa Senhora do Rosário, EPE, no Barreiro, foi certificado através da norma NP EN ISO 9001:2008, pelas actividades de planeamento, administração e controlo de radioterapia externa em doentes do foro oncológico.    Ler mais

 

Hospital S. João lança laboratório para Gripe A 

O Hospital de S. João, no Porto, construiu de raiz uma unidade laboratorial especializada na identificação do vírus da gripe A (H1N1).  Mais 

 

CHBA aposta na prevenção para combater a gripe

O  Centro Hospital do Barlavento Algarvio (CHBA), EPE criou um espaço de Atendimento a Doentes com suspeita de gripe, que se desloquem à unidade de Portimão.   Ler mais

 
Consulte os Relatórios e Contas dos Hospitais

Os hospitais, como entidades públicas empresariais devem elaborar, com referência a 31 de Dezembro do ano anterior, os documentos de prestação de contas remetendo-os à Tutela nos prazos estipulados por lei.

Aceda aqui aos Relatórios e Contas de:

  2004   2005    2006    2007  2008

 
 
       Topo  
  Logotipo dos Hospitais SA 2014 Direitos Reservados - Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, EPE Símbolo de Acessibilidade na Web www.acessibilidade.net